Portal CREA-SP – Notícias – Decorações natalinas também precisam ser fiscalizadas

Ação de fiscalização do Crea-SP atingiu vias urbanas e shopping centers



Acima: Center Vale Shopping em São José dos Campos


Com a chegada das festas de fim de ano, muitas cidades providenciam a decoração de suas ruas, transformando as vias urbanas em cenários natalinos. Naquelas em que existem shopping centers, é comum que uma grande área de um de seus pisos seja totalmente reservada para uma instalação de Natal. Entretanto, apesar de aparentemente inofensivas, algumas dessas instalações escondem perigos, pois envolvem a utilização de circuitos elétricos, iluminação cênica, peças de tamanhos e pesos variados e material inflamável.



Acima: decoração de rua em Barra Bonita e Cajati


À vista disto, o Crea-SP realizou recentemente, em todo Estado, uma fiscalização com foco nas estruturas natalinas para garantir a participação de profissionais habilitados na instalação de estruturas, iluminação e demais atividades da área tecnológica.



Acima: decoração natalina em Lençois Paulista


A ação envolveu desde as montagens em vias públicas até as presentes em locais fechados com grande fluxo de pessoas, com o intuito de sempre garantir a segurança da sociedade nesta época do ano.



Acima: fiscalização em frente ao Vale Sul Shopping em São José dos Campos


“Toda ação de fiscalização do Crea-SP visa coibir a atuação de pessoas não habilitadas na execução de atividades inerentes às profissões das áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências para, assim, ajudar a garantir a segurança da população”, esclarece o presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli.



Acima: instalações de rua em Osasco e no ABC


Como de costume, por meio das equipes de agentes fiscais, o Conselho verificou a situação legal dos profissionais e das empresas que montaram estruturas metálicas, providenciaram as instalações elétricas e o sistema de aterramento, além das que fizeram uso de guindaste. Foram também solicitadas a relação de nomes de profissionais e/ou empresas e de fornecedores, com a descrição das respectivas atividades desenvolvidas (locação, aluguel, projeto, execução, fiscalização, acompanhamento, etc.); cópia dos contratos firmados com as empresas e/ou profissionais; e cópia das ARTs.


Para a realização de quaisquer atividades e serviços da área tecnológica, os profissionais e empresas contratados devem estar habilitados pelo Crea-SP, ou seja, ter registro ativo e em situação de plena regularidade no Conselho. Também é necessário que, para todos os serviços contratados, seja feito o registro de uma Anotação de Responsabilidade Técnica – ART, definindo sua participação técnica no empreendimento.



Acima: decoração no Cantareira Norte Shopping


Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP


Colaboração: Superintendência de Fiscalização (fotos)


Fonte

Mais Notícias

20

mar
Geral

Engenheiro Maicon Nonato Lança Jogo Inovador para Prevenção de Acidentes Domésticos com Crianças

Engenheiro Maicon Nonato Lança Jogo Inovador para Prevenção de Acidentes Domésticos com Crianças Engenheiro Maicon Nonato Lançam Jogo Inovador para Prevenção de Acidentes Domésticos com Crianças Em uma iniciativa pioneira para educar as crianças sobre a prevenção de acidentes domésticos, o engenheiro especialista em segurança ocupacional, Maicon Nonato, está lançando, um emocionante jogo de cartas com a […]